Campeão da categoria elite, Daniel Zoia conclui 94 km em 3h42 min

Foi em uma mistura tempo nublado com sol escaldante que o atleta Daniel Zoia rompeu os 94 quilometros da Picos Pro Race. Ele foi o primeiro a cruzar a linha de chegada da categoria elite fechando o tempo de 3 horas, 42 minutos e 07 segundos, conquistando o tricampeonato nas três vezes que disputou a prova.

Zoia, com seus 33 anos, já é figurinha conhecida no cenário do ciclismo nacional. O esporte, ele começou a praticar aos 14 anos. “Eu sempre gostei de esportes, mas queria algo que fugisse do tradicional futebol. Na minha cidade, teve uma competição de ciclismo e eu estava assistindo. Via a animação das pessoas, o clima da prova e aquilo me estimulou bastante. Minha mãe comprou uma bicicleta e desde então, não parei mais”, recorda ele, que é natural de Ponte Nova, em Minas Gerais.

Preparado para enfrentar uma prova dura, com trilhas bastante acidentadas e um sol de castigar, ele foi surpreendido quando o calor deu lugar a um clima ameno, nos quilômetros iniciais de competição. “Picos tem essa característica de um clima bem quente, uma prova que se torna ainda mais dura pela altimetria e temperatura característica da cidade. Então, a chuva surpreendeu, apesar de não ter facilitado a prova, já que a terra estava pesada”, avalia.

A dificuldade no percurso, segundo ele, foi um dos pontos altos da competição. “A prova foi bastante. Um percurso realmente desafiador que já é a característica da Picos ProRace e que faz com que tantos atletas venham superar seus limites aqui. Essa é, com certeza, uma das melhores provas de Mountain Bike do país”, comenta ele, que é um dos atletas de elite da Audax, que também foi parceira da edição 2019 da Picos Pro Race.

Com resultados positivos no currículo, Zoia afirma que já se prepara para estar, de novo, entre os participantes da competição no próximo ano. “Pra gente que gosta do MTB, quanto mais dura uma prova, mas ficamos estimulados a participar. E eu espero estar de volta na edição 2020 da Picos Pro Race que, com certeza, deve vim ainda mais desafiadora”, finaliza. 

Compartilhe essa notícia: